Facebook

Se eu te chamar

on jun 24, 2013 in Sem categoria | 0 comments

Share On GoogleShare On FacebookShare On Twitter

Você sabe, no final das contas, eu tenho que ser verdadeiro contigo, como tu foste comigo quando estavas bêbada e falou mais do que devia, mas que eu também escutei mais do que esperava e as palavras continuam ecoando aqui na minha cabeça. Que todos esses textos que ficam jogados por aqui e as frases de efeitos que eu já escrevi, dão certo… Eu sei! Mas você sabe, nem tudo é como a gente espera.

Tu já me conhece mais do que deveria, já sabe das minhas fugas imediatas por simplesmente não saber o que falar, de todas as minhas artimanhas para tentar te ter aos meus pés -ainda que não venham dando certo- e de toda forma como eu ajo e gosto de fazer as coisas do meu jeito.

Mas bem, você sabe, além disso, tem a minha incapacidade de não saber o que falar em momentos que tudo que tu mais espera são palavras da minha parte e com isso, vem a minha bipolaridade e pouco caso para assuntos que você acha muitíssimo importante! E eu posso vir a te machucar, várias e várias vezes e isso já me causa dores de cabeça com antecedência, por ser algo que eu gostaria de passar longe. Muito longe, mas é inevitável.

Mas bem, você sabe, talvez eu não seja o grande transatlântico que tu pensas que sou, talvez apenas um navio cargueiro meramente transportador e tu também já conhece todos os meus jeitos errados e o que penso da vida. Você sabe, eu vou te mentir, diversas e diversas vezes, mesmo que eu nem precise, vai ser involuntário. Mesmo tu sabendo que eu não vou me encaixar em todas tuas expectativas, que vou me esquecer de datas importantes, que eu não vou achar legal aquele teu amigo que tu adora e que várias e várias vezes tu vai se questionar muito, e se perguntar sobre o caminho que as coisas estão indo.

E eu vou ficar longe de ti por diversos dias, e isso vai doer bastante. As más línguas vão encher a tua cabeça com bobagens e toda noite tu vai demorar um pouco mais para dormir por conta disso, e você vai torcer e gritar para que isso não ocorra, mas vai. E eu vou estar longe quando tu querer-me mais perto.

E agora, que eu já te disse tudo isso e tu já sabe de todos os pontos da história.

Mesmo tu sabendo de tudo isso.

Se eu te der a minha mão, tu vem comigo?

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>